sexta, 08 de fevereiro de 2019 - 17:02h
AULA INAUGURAL DO 2° CURSO DE FORÇA TÁTICA ABORDA O CRIME ORGANIZADO
Uma palestra mostrou os últimos dados relacionados às organizações criminosas no Amapá
Por: Izael Marinho, com informações da PM-AP
Foto: Tenente PM Leandro Pantoja

O secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, Coronel PM José Carlos Corrêa de Souza, proferiu palestra nesta sexta-feira, 8, durante aula inaugural para militares que participam do II Curso de Força Tática. O evento ocorreu no quartel do Comando-Geral da Polícia Militar, em Macapá. A palestra abordou o tema “O crime organizado no Amapá”.

Carlos Souza apresentou aos militares do Batalhão de Força Tática (BFT) os mais recentes estudos baseados em dados da inteligência policial sobre organizações criminosas no Amapá e seus reflexos na segurança pública e na atuação policial.

Em 2017 a unidade realizou o 1º Curso de Força Tática da história da Policia Militar do Amapá. O objetivo era capacitar os militares para o novo modelo de policiamento, visando melhor atendimento ao cidadão.

A HISTÓRIA DA FORÇA TÁTICA

Este ano, o Batalhão de Força Tática da Polícia Militar (BFT), que até dezembro de 2017 se chamava 10° Batalhão de Radiopatrulhamento Motorizado (BRPM), completa 11 anos.

Criado em 2008 como Companhia Independente de Radiopatrulhamento Motorizado (CRPM), a unidade tinha como responsabilidade o policiamento ostensivo motorizado em toda a cidade de Macapá, além de servir como tropa de apoio aos batalhões territoriais durante ocorrências de maiores proporções. Era a unidade policial militar que realizava o maior número de atendimento de ocorrências acionadas pelo Ciodes (Centro Integrado de Operações em Defesa Social).

Em 2010 a CPRM passou ao “status” de batalhão, cuja missão foi reforçada com a adoção do patrulhamento motorizado em motocicletas - o que fez aumentar os índices de atendimento.

Em outubro de 2017, já sob a nomenclatura de Batalhão de Radiopatrulhamento Motorizado (BRPM), realizou seu 1º Curso de Força Tática. Dois meses após, passou a chamar-se Batalhão de Força Tática (BFT), com uma nova missão institucional: atuação de suas equipes preferencialmente em regiões que apresentassem elevados índices de criminalidade, considerados especialmente os roubos e o tráfico de entorpecentes.

As principais ações BFT são: prevenção setorizada, repressão ao crime organizado ou em locais com altos índices de crimes violentos, ocorrências de vultos, eventos de importância, controle de tumultos de pequenas dimensões.

A criação da Força Tática visou reforçar o contingente de militares e prevenir a ocorrência de ilícitos penais, além de obter uma resposta mais enérgica no desenvolvimento de ações operacionais. A BFT atua, além da capital, Macapá, também em Santana.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SEJUSP - Secretaria de Justiça e Segurança Pública
Av. Padre Júlio Maria Lombard, 810 - Central, Macapá - AP, 68900-030 - (96) 3333-3333 - izael_marinho@yahoo.com.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá