sexta, 12 de julho de 2019 - 19:20h
SEJUSP DEFLAGRA CAMPANHA CONTRA TRÁFICO DE PESSOAS NO AMAPÁ
O objetivo da mobilização é a sensibilização da sociedade contra o tráfico humano.
Por: Izael Marinho
Foto: Divulgação
Investigações indicam que o Amapá está na rota do tráfico humano.

De segunda-feira, 15, até o final de julho, acontece em Macapá a campanha Coração Azul contra o tráfico de pessoas, realizada pelo Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (NETP), da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

O objetivo da mobilização é a sensibilização da sociedade contra o tráfico humano, cujo estado do Amapá está inserido na rota dessa modalidade de crime, devido sua posição geográfica.

As vítimas desse tipo de crime podem ser usadas para exploração sexual, trabalho escravo, casamento servil e tráfico de órgãos. A campanha Coração Azul reforça o combate a esse tipo de crime.

Uma vasta programação foi preparada, com início no dia 15, segunda-feira, quando os organizadores da campanha vão percorrer emissoras de rádio e televisão de Macapá e Santana, divulgando o evento. Na terça-feira, 16, haverá intervenção na comunidade estudantil na Escola Estadual Santa Inês, zona Sul de Macapá. Na quarta, 17, uma “blitz” informativa a partir das 8h, na praça Veiga Cabral, vai chamar a atenção da população para a necessidade de engajamento da sociedade no combate ao tráfico humano. No dia 18, quinta-feira, haverá panfletagem no Hospital da Mulher Mãe Luzia. E no domingo, dia 21, a panfletagem acontece na praia de Fazendinha.

“As intervenções têm respaldo na Política Nacional de Enfretamento ao Tráfico de Pessoas, num diálogo entre o Estado e a sociedade, no âmbito da saúde, educação, comunicação e mobilização social”, frisou a coordenadora do NETP, a Major PM RR Marizete Góes de Magalhães.

“Liberdade não se compra. Dignidade não se vende. Denuncie o tráfico de pessoas!”, reforçou a coordenadora.

O ponto alto da campanha é o dia 30 de julho, que é o Dia Mundial e Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. Qualquer pessoa que suspeitar ou souber de alguém que esteja sendo vítima de tráfico humano pode ligar para os números 100 ou 180 para denunciar.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SEJUSP - Secretaria de Justiça e Segurança Pública
Av. Padre Júlio Maria Lombard, 810 - Central, Macapá - AP, 68900-030 - (96) 3333-3333 - izael_marinho@yahoo.com.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá